Brechó é Vida

Texto escrito por Gisa Pereira:

logotipo-logomarca-para-brecho.png

Falando sobre Brechó…❤️

Um grupo de mulheres se encontrava aos sábados na estação de trem de Madureira para fazer vendas e trocas de roupas. Esse grupo cresceu muito e à estação ficou pequena.
E assim começou a proliferação das feiras de brechó…

Da estação de Madureira para o Rio de Janeiro, é assim que tem sido.

Bazar do Méier, cufa, parque de Madureira, Império, campo Grande, Cachambi, Praça de Cascadura…
É a moda sustentável invadindo a cidade. E tudo isso começou ali, naquele aperto.
Nós começamos tudo isso. 😍

Eu penso que seja ótimo ter várias opções de bazar. Mais oportunidade de emprego, mais oportunidade pra quem quer se vestir bem e gastar muito pouco.

Estamos quebrando preconceitos.
As pessoas estão conhecendo um brechó com nova cara, uma cara mais jovem.
Estão começando a entender que o brechó de hoje é muito diferente daquele de antigamente, que terno do tataravô não está mais a venda 😂

Nesse sábado dia 06/05 acontecerá em Madureira 3 eventos de brechó quase que simultâneamente.
Sabe o que isso quer dizer?
São mais de 400 mulheres complementando a renda da família com o dinheiro que vem das feiras, algumas vivem somente disso. São milhares de pessoas tendo a oportunidade de comprar roupa de qualidade por um preço acessível (convenhamos que o valor das lojas já não cabe mais no orçamento familiar faz tempo).
São crianças saindo felizes com aquele brinquedo.

Brechó é sustentabilidade. Vamos respeitar (vamos nos respeitar) 😉

Ainda acrescento… BRECHÓ É VIDA ❤️

Anúncios

Feira de Doações – Fazendo a Diferença

Notícia do Extra DoaçõesHá dois anos, eu estava passando por alguns problemas pessoais, estava grávida e recebi ajuda de uma amiga muito querida com doações de roupinhas bebê. Vi que ela tinha montado um grupo de doações no Facebook e através de pesquisas sobre o assunto descobri as Feiras da Gratidão. Vi, no gesto daquelas pessoas uma sensibilidade muito grande com o próximo e um extremo desprendimento. Percebi que se eu fizesse alguma coisa por alguém que eu tiraria o foco dos meus problemas e transformaria minha energia de tristeza em uma energia de alegria.

Montei um grupo no Facebook voltado para doações dentro do meu bairro. Criei o grupo Doações Campo Grande RJ. Que é um braço da minha página “Eu Amo Campo Grande”, que també é de minha autoria com parceria da minha irmã Julia Fernandes.

Depois disso comecei a arrecadar doações, fotografar e postar, muitas vezes fui entregar. Mas o que eu gosto de tudo isso é o enfoque de sustentabilidade, porque não é um grupo assistencial, mas sim um lugar onde as pessoas do bairro compartilham coisas. Em um ano o grupo já contava com mil membros e mais de mil doações diretas realizadas. Depois disso comecei a organizar feiras, pois conheci um grupo que organizavam as Feira Grátis da Gratidão. Algumas pessoas ajudavam, e já tiveram mais de 5 edições da feira. Com o tempo eu fiquei muito atarefada com minhas questões pessoais e tive que abrir mão de gerenciar o grupo sozinha e atualmente tenho duas amigas que estão à frente da organização das feiras que é a Aline Moya e a Irene Teles.

Tudo que sobra das feiras é doado para instituições da região de Campo Grande.

Mas todas essas informações são para mostrar uma coisa simples: Quando a gente quer fazer a diferença na nossa comunidade, a gente pode colaborar. Seja reciclando o lixo, varrendo sua calçada, ou reunindo seus vizinhos em ação mais abrangente. E  essas doações que as pessoas disponibilizam não são só para as pessoas de rua ou paupérrimas, são para pessoas como eu e você que talvez vá comprar uma coisa e nem precise tanto porque na verdade, alguém vai te ceder aquilo de bom grado. Isso é uma forma de evitar o consumismo nessa nossa economia difícil e uma forma de evitar mais um produto fabricado sem necessidade.

Essa reportagem saiu no extra zona oeste antes da utima feira, teremos outra na Pracinha da Rosária Trotta dia 9/12/2015 de 10h as 12h.

Sobre Doação

Sempre procurei boas coisas na internet, e as boas coisas sempre chegaram até mim. Recebi há algum tempo um convite para um grupo no Facebook de uma amiga que conheci pela internet e se tornou muito querida. Era um grupo de doações de coisas de bebês. Percebi que no fundo era uma imensa troca. Não era um  grupo de pessoas carentes, era um grupo de pessoas como eu, como você, que trabalham fora, tem suas vidas, tem suas dívidas, tem suas compras e coisas normais de todas as famílias que estava ali, se dispondo a dividir o que elas tem e que não usam mais.

Isso me fez pensar no quanto já fui beneficiada na vida e o quanto sou grata por todas essas coisas, essa troca de amor que acontece toda vez que a gente pode entregar uma coisa que a gente não usa mais para uma pessoa que pode usar aquele ítem e depois ele passa para outra pessoa e assim por diante, formando uma corrente de amor entre as pessoas que não tem fim.

Também pensei em como isso é útil na nossa vida, com tanto consumismo, tanto excesso. E dessa forma podemos reduzir, reciclar e reutilizar muitas coisas, porque o que não serve pra mim, serve pra você, ou serve para outra pessoa. E evita o consumo excessivo de coisas,reduzindo os resíduos, aumentando a utilidade e trazendo sempre uma coisa nova para a sua vida sem que necessariamente seja uma coisa recém fabricada.

Algumas pessoas fazem questão de que a troca ou doação seja para uma pessoa carente. Mas o que define carente? Carente é quem carece, quem precisa. Se a pessoa vai usar, está precisando. Se vou doar, vou dar de coração. Cabe a quem fazer a triagem de quem precisa? Cabe ao próprio individuo. Cada um sabe o que precisa, cada um doa o que quer. Cada um dá o que tem. Se eu tenho um copo, eu dou, se tenho amor, eu dou, se tenho mesquinharia, dou também. Tenho visto muitas doações, de todos os tipos.

Percebi nos grupos muita gente querendo doar, muita gente querendo receber mas a distância é um grande empecilho. Então, percebendo essa dificuldade, formei um grupo de doações somente no meu bairro, e dentro da minha disponibilidade, entrego e busco doações, e disponibilizo no grupo para quem quiser ou precisar.

10155888_768641033159543_4605525152133101883_n

Doações Campo Grande RJ

E agindo dentro do meu grupo, conheci um outro que era tudo o que eu pensava, que tinha tudo a ver com a filosofia que envolve as doações: A Feira Grátis da Gratidão!

A feira grátis da Gratidão te por princípio: “Leve tudo que você quiser ou nada, traga o que você quiser ou nada”

Gostaria muito de conseguir organizar uma feira assim aqui no meu bairro, estou amadurecendo essa idéia. Enquanto isso vou fazendo meu trabalho de formiguinha para tornar o círculo de pessoas ao meu redor, mais informadas e melhores, assim como vou melhorando a cada dia.

Doe, seja grato!

Gratidão!

Cuidar da Natureza é cuidar da vida

Pra viver você precisa que a natureza também viva. CUIDAR DA NATUREZA É CUIDAR DA VIDA.  Notícias especialmente selecionadas para você, que ajuda o WWF-Brasil.CUIDAR DA NATUREZA É CUIDAR DA VIDA. Junte-se ao novo movimento do WWF-Brasil. E confirme a importância da natureza.

O que você precisa pra viver?
Pra viver, você precisa que a natureza também viva.

Esta é a única resposta correta!

O WWF-Brasil defende uma forte meta: contribuir para que a sociedade brasileira atinja
o desmatamento zero em todos os biomas até 2015.

Para isso, eles criaram o site www.wwf.org.br/cuidardanatureza com animações, mapas,
ilustrações, fotos, redes sociais, vídeos e tudo o que você precisa saber sobre a relação
entre a natureza e a nossa qualidade de vida.

No site, você também irá encontrar uma lista das 10 áreas prioritárias para a criação de
novas unidades de conservação na Amazônia, na Caatinga, no Cerrado, na Mata Atlântica e
no Pantanal. A criação de áreas protegidas é uma das medidas mais eficientes para reverter a

situação atual e garantir a conservação e o uso sustentável de
uma parcela significativa da natureza brasileira.

Acesse, conheça o site e repasse para os seus amigos. O WWF conta com você para trazer cada vez mais gente para este movimento.

Aproveite a campanha e afilie-se você também ao WWF-Brasil. O desmatamento zero é
uma ambiciosa meta, que só será conquistada com o seu apoio.