Quando o amor acontece

Sustenta Criações

Eu me lembro que eu queria sair pra me divertir, só pra provar pra mim mesma que ser solteira é divertido… e realmente é, mas mesmo tendo experiencias anteriores ruins, eu ainda acreditava que ser casada era muito melhor. Daí eu fui pra Lapa, berço da diversão noturna no Rio de Janeiro, e lá estava eu, sem nenhuma preocupação quando ele entra pela porta e me chamou atenção. Não porque fosse espalhafatoso, ou estranho, mas pelo seu charme extremamente discreto. Mas foi só isso, e eu continuei com minha despreocupação total.

Abre aspas para ‘despreocupação total’ no meu caso que quer dizer pagar mico como se nao houvesse amanhã!

E com meu jeito totalmente singelo grosseiro de ser, dei várias cortadas mesmo sem ter tido nenhuma investida e no final das contas acabo dando carona para todo aquele charme extremamente discreto. Papo vai papo vem, acabo sendo vencida pelo medo de me envolver, mas depois que o dia nasce, invisto sério em um contato e nesse contato posso garantir que foi no momento do primeiro beijo que eu disse sim!

Mas já estava traçado, disse o sim oficialmente 10 dias depois, mesmo já estando casada. Porque cruzei a barreira da mudança de status assim que o conheci. Eu até gostei de ser solteira, mas ser casada é um mundo de pequenas felicidades, que cresce a cada dia, formando em nós uma felicidade plena!

Não sem problemas, mas nem por isso com menos amor!

Hoje, faço 1 ano de casada!

Anúncios

Bodas de Plumas

E então eu me casei!

Não casei com pompa e circunstância como manda o figurino, mas me casei da melhor forma possível: me casei de alma.

Aconteceu igual eu tinha imaginado a vida inteira, eu virei uma esquina e encontrei o amor da minha vida.  A vida inteira, desde que eu era menina, eu sempre sonhei com o meu casamento, com o meu príncipe, com a minha própria família. Nós nos apaixonamos mutuamente assim como eu tinha sonhado a minha vida inteira. E foi meu primeiro ato inconsequente que deu certo: Em 10 dias fomos morar na mesma casa, unindo nossas famílias.

Filha de um lar desfeito cedo, sempre idealizei um lar perfeito, com mesa posta de manhã, casa cheia e muitos passeios de mãos dadas. Hoje posso experimentar todos os dias dessa rotina e me divertir com as perguntas dos meus filhos. Porque essa foi a melhor parte: meu marido já tem 3 filhos. E a maioria mora conosco. E os que não moram, vêm nas férias e a casa fica cheia. Na verdade a nossa casa está cheia todos os dias: cheia de amor!

Se eu imaginava que todo o romantismo e respeito de uma relação só acontecia em filmes e novelas da Rede Globo, agora tenho certeza de que: para existir tudo isso, basta que o cuidado seja recíproco.

Pluma-azulHoje, eu comemoro 6 meses de casada, e então comemoro minhas bodas de pluma. E é assim que me sinto: leve como uma pluma! Porque mesmo com quaisquer adversidade que passamos e poderemos passar, o nosso amor sustenta todo o peso, e nos eleva acima de nossos sonhos!

Nosfa: Te amo!

Uma princesa e seu príncipe

Quando eu era criança, tive um lar desajustado. Desde então sempre sonho com o meu casamento. Sempre sonhei com a minha própria família, com o meu príncipe encantado. Eu achava que um dia, eu estaria andando por aí, ia esbarrar no meu príncipe, ele derrubaria meus livros e quando fosse me ajudar a apanhar, me olharia e me pediria em casamento. Assim mesmo, igual seriado dos anos 90.Só tinha um problema, eu não carregava livros.

Daí um dia, eu desisti dessa coisa toda, e resolvi curtir um showzinho na Lapa. E lá estava meu príncipe, que não estava num cavalo branco, mas veio de carona no meu Kadett preto e da vida dele eu não saí mais.

O meu casamento, assim pra valer, ainda não rolou. Mas marido eu já tenho! E uma família linda pra acompanhar. Salut!

Enxoval – uma busca incessante

Quando se decide casar a primeira coisa a se fazer é começar a fazer um enxoval. Eu não marquei a data, nem sei quando vou poder me casar (porque apesar de todo amor é preciso ter dinheiro e uma carteira assinada ou nomeação em concurso público, afinal de contas não se constrói castelos na areia), mas ja comecei a fazer a fazer enxoval. E posso afirmar com toda certeza que comprar é um dos melhores verbos da vida!

Eu sou completamente aficionada por ofertas, praticidade, ecologia e bem estar…e em lojas de “nem”, conforme diria meu noivo @eduardo_lion,

Define: Loja de “nem” é o local onde os frequentadores do Supermercado Guanabara compram roupas.

Eu compro muita coisa de cozinha no “O Amigão”, na Casa e Vídeo e na Primus (lojas de “nem”).

Então vou colocar aqui alguns ítens que estou de olho para o meu enxoval!

Esse conjunto de Melamina é lindíssimo, mesmo não sendo de porcelana é baratinho e super bonito, serve bem e a decoração combina com a decoração que eu quero par a cozinha que vai ser tudo verde!

Essas colheres multiuso com estampa psicodélica vão ser o máximo para receber os amigos.

Para meu enxoval de cama mesa e banho, o conhecido “cameba” eu faço opção  por

esses hobbies de super-herói que tenho certeza, meu noivo e meu filho irão adorar! Eu

achei aqui por 40 dólares. Quem souber onde vende no Brasil, me avisa!

Também vou querer essa geladeira adesivada de leão que é para homenagear meu noivo e identificar a cozinha como uma selva já que vai ser tudo verde.

E por hoje vou ficando por aqui.

Pensando no casório

Depois que o pedido foi feito e foi tremendamente bem aceito, chega a hora dos preparativos.  Não há um momento sequer que eu não pense nessa união. Não é só no que ela representa, mas é tudo que ela envolve, tanto materialmente quanto afetivamente.

No casamento, há toda uma parte de desempenho e eu sei que com amor tudo se faz, mas sempre dá aquele frio na barriga. Tenho pensado muito no meu desempenho como esposa, como dona de casa, como administradora do meu lar. Logo eu, que sou tão exigente administrativamente quando estou trabalhando (agravante: estou desempregada) me vejo insegura quando se trata de administração de  uma casa. No fundo eu acho que vou me sair super bem, mas o fantasma da insegurança tem assolado meus sonhos.

Cada dia que se aproxima, (e olha que a gente marcou para ano que vem) eu fico mais ansiosa com os preparativos, fico super animada com as compras e meio receosa quando se trata de estabilidade.  Afinal de contas estamos construindo não só uma relação, nós já somos uma família.

Quando estivermos todos juntos sob o mesmo teto vai ser muito mais desafiante, muito mais excitante, muito mais amedrontante (se é que existe essa palavra). Tenho medo de faltar, de termos crises, mas no fundo é um medo bom, ele não me faz desistir nem por um minuto dos meus votos.

Acho a nossa geração (de quem está na casa dos 30) é uma geração muito consciente. Nós não estivemos nos anos 70, não participamos do “sexo, drogas e rock and roll”, pegamos a época de rebeldia da era Cazuza, da liberdade de expressão e toda a pornografia e liberdade sem razão dos anos 90. O que nos trouxe uma reflexão sobre a importância da família.

Pode ser que eu esteja falando besteira, mas as pessoas que me cercam, meus amigos que são casados, as pessoas da minha família, apesar de jovens, são fiéis aos seus cônjuges e a suas famílias. Claro que o que começa errado tende a se perder, mas o que começou certo está durando e o meu vai durar com toda certeza.

*Detalhe para a foto que ilustra o texto que foi retirada do blog “FreakButterfly World” de um texto maravilhoso sobre casamento escrito pela estranha moça que assina este blog!

Pedido de casamento

Casar-se para alguns ainda é algo que traz medo, para outros é o grande sonho da vida. Eu já vivi a dois e não foi bom. Mas isso não significou absolutamente nada, porque dessa união veio meu filho e a partir do meu filho muitas coisas boas aconteceram na minha vida.

Eu evito ao máximo falar do meu boyfriend por aqui para que minha vida não fique devassada por curiosos (não que seja hiper interessante mas a inveja é uma merda). A gente se conhece há muito tempo. Mas nunca namoramos, nem flertamos, nem etc. Mas já saímos juntos, conversamos por horas a fio no msn até que um dia, do nada a gente se apaixona. Que coisa!

Eu sempre achei que já conhecesse o amor da minha vida e já conhecia mesmo. Nossa afinidade se dá em varios segmentos e a recíproca é o que mais nos aproxima. Em quase 8 meses de relacionamento já temos um monte de certezas. Recebi o pedido, aceitei e já estamos de mangas levantadas para fazer acontecer.

Listas prontas e mãos a obra. O acontecimento de nossas vidas: vamos nos casar!

Também, com um pedido desses, quem recusa, rs (imagem do Google)

 

2E816533

Desencalha Wanderson!

Agradeço grandemente aos meus amigos que me mandam enxurradas de emails inúteis, pois graças a eles sempre tenho do que falar. A última pérola foi uma amiga me indicando o site Desencalha Wanderson, pra eu arrumar um namorado. É o fim da picada, né!

Mas fiquei espantada, porque eu nunca me empenharia com tanto afinco pra arrumar um bom partido para me casar. Eu até fiz uma pequena seleção na surdina que foi o maior fracasso, rs.

O cara é sucesso total, altamente comentado, tanto no twitter, quanto na Blogosfera em geral. Estou na torcida do Wanderson que quer encontrar uma virgem de 29 anos para formar uma família e ser feliz!