Entre duas alegrias


Vinicius de Moraes, disse a seguinte verdade : “sofrimento é o intervalo entre duas felicidades”. E eu digo que a tristeza é o intervalo entre duas alegrias. Digo o mesmo sobre a tempestade e a bonança e assim sucessivamente. Porque nossa vida é feita desses intervalos. 

Esses intervalos são importantes para que possamos valorizar os bons momentos, e para que possamos pegar força para enfrentar os dias difíceis.

É como no filme “Click”. Não dá pra pular cada dificuldade que temos, senão a vida passa em branco, e a gente nem vê.

Essa semana eu fiquei doente. Peguei vários “ites” da vida, ao mesmo tempo. E o tempo todo, eu queria melhorar logo pra poder continuar a vida. E no terceiro dia, eu vi que não adiantava lutar. Resolvi relaxar e aproveitar. 

E então, comecei a melhorar. Hoje, depois que finalmente consegui levantar da cama, fiquei pensando, em todas as situações em que ficamos nos debatendo com problemas, achando insolúveis, quando na verdade é só deixar o corpo boiar, que o mar te leva pra praia.

Se você estiver passando por um problema de grana, de relacionamento, de trabalho, qualquer um que te pareça insolúvel, relaxe. Daqui a um ano, esse problema não vai fazer mais diferença é surgirão outros, maiores ou menores pra você se preocupar.

Pequenas metas, grandes objetivos

yes-man-17471

Se organizar para conquistar grandes coisas, é uma forma bem inteligente de atingir objetivos. Partir do micro para atingir o macro é uma forma eficiente de realizar conquistas em um prazo mais curto.

Primeiro passo: estabelecer os grandes objetivos!

É preciso definir onde se quer chegar. Qual é a montanha que você deseja transpor para realizar seu sonho, seja ele qual for! Um carro novo, um emprego, um negócio, e porque não dizer, um novo amor. Seja qual for o seu grande objetivo, existem maneiras práticas de alcançar tudo de maneira mais produtiva. Quando se definem os grandes objetivos fica fácil se traçar o caminho que faremos até chegar lá.

Segundo passo: Definir o caminho!

Agora é se perguntar o que vai te levar a alcançar seus objetivos, como você vai agir para conseguir. Fazer uma lista com passos a seguir, estabelecendo prazos reais para alcançar o que você deseja.

Terceiro passo: Agir!

Começar é o que você precisa. Toda caminhada começa com o primeiro passo. Policie-se para cumprir seus prazos, como se sua vida fosse sua empresa. Seja fiel aos seus planos e dedique-se. Com uma conquista de cada vez, vai ficar fácil conseguir chegar ao seu sonho dourado.

 

Mais uma vez falando de amor

o amor esta no arNos últimos dias tenho assistido a muitos filmes de amor, porque adoro vivenciar situações sociais alheias. Talvez por isso eu tenha uma péssima fama de fofoqueira. Porque tenho o costume de ficar observando situações cotidianas. É uma coisa que traz imenso prazer. Pensando muito na vida nos últimos dias e chegando perto de um ano de separada eu me vejo bem sensível de novo.

Por toda minha vida eu acreditei no amor, acreditei que deixaria cair meus livros e o grande amor da minha vida me ajudaria a juntá-los, e a gente se apaixonaria lindamente para o resto da vida e fim. Mas então me casei, me apaixonei lindamente e o cotidiano não foi um sonho. E quando tudo acabou, pensei que nunca mais ia amar ninguém.E cá estou, sem amar ninguém.

Mas então, estou de novo chorando com filmes sobre casamento, e sonhando com o dia que meus livros cairão no chão e alguém vai me ajudar a recolher. Sinto saudade dessas coisas.

Esse texto não é para moralizar essa coisa toda de paixão e servidão, mas somente para me lembrar que o sangue ainda corre e que tudo é possível, até eu andar  carregando alguns livros!

 

Amor: quando se divide, multiplica!

12401004_1762441060657074_3039710797250594562_n

Quem conhece minha história de vida, sabe que sempre precisei de ajuda. Mas que também sempre fui muito de lutar. A ajuda  sempre veio e a força para a luta também. Devido a todos esses presentes que a vida me dá a todo momento, eu me sinto na obrigação, ou melhor, tenho todo o prazer, de retribuir ao universo, todas as coisas boas que a vida tem me proporcionado. Então, dentro das minhas possibilidades eu criei um grupo de doações em 2013 que resultou nessa reportagem.

Mas eu queria mais. E assim, fui seguindo e com ajuda dos amigos do face, parceiros e verdadeiros desconhecidos eu peguei minha bolsinha e fui pro calçadão de Campo Grande fazer minha boa ação do dia , todos os domingos.

Esse tipo de ação, não é para me gabar. Mas é para mostrar que nós, sociedade, cada pessoa, individualmente, pode contribuir para a amenização dos problemas da sociedade como um todo, e reforçar os laços de cordialidade e comunidade para que possamos ampliar a paz mundial. Se com minhas idéias, eu conseguir mudar a vida de alguém, ou fazer alguém feliz por pelo menos um momento, já valeu a minha vida.

É um sonho? É! Mas não é impossível!

Uma gentileza, um ato de amor, dividir o que você tem. Isso qualquer um pode fazer. Você pode fazer!

Nos dias 8,9 e 10 de abril, o grupo Atados, junto com a Ong Riovoluntario, vão estar realizando o Evento: Dia de boas ações!

Compareça!

 

Erga os olhos!

Procurar coisas e ações inspiradoras tem sido um dos meus hobbies atualmente. E assistir o discurso do grande ditador (que você pode baixar aqui em pdf) me trouxe a idéia de que lutar por liberdade é atemporal. Porque sempre tem cadeias que nos prendem, e sempre vamos buscar a liberdade, antes tarde do que nunca.

Todos nós desejamos ajudar uns aos outros. Os seres humanos são assim. Desejamos viver para a felicidade do próximo – não para o seu infortúnio. Por que havemos de odiar ou desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover todas as nossas necessidades.

A gente fica preso pelas idéias, fica preso por servidão, fica preso por negligenciar-se, fica preso pelos pais, fica preso pelos filhos, fica preso pelo trabalho, fica preso pela grana. E às vezes esquece que a liberdade é amar.

Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.

Amar é tão fácil, é tão leve, mas por muitas vezes nosso egoísmo, nosso preconceito, nossa raiva, nossa mágoa, nos coloca um véu e não conseguimos amar.

Não sois máquina! Homens é que sois! E com o amor da humanidade em vossas almas! Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar… os que não se fazem amar e os inumanos.

Inspire-se!

Sempre é possível  buscar um novo enfoque a essa mensagem. Chaplin desafiou o mundo quando lançou esse filme, pois era época da guerra. Mas a coragem pode ser sentida fortemente no discurso.

Seja corajoso também!

Como educar seu bebê de 1 ano?

IMG_20150410_122553231IMG_20150327_151103492IMG_20150111_145612354

Se você quer saber o que fazer para que seu bebê pare de jogar coisas no chão, de bater na comida, de se jogar no chão, você  poderia me contar, porque estou enlouquecendo com o meu bebê. Essa postagem na verdade tem o objetivo de arrecadar dicas de como fazer, porque nada do que eu tenho feito está funcionando. Eu tenho três filhos que moram comigo. Um menino de 15 do meu marido, meu filho de 12 e o Miguelzinho de 1 ano e 4 meses. Só que quando eu tive o Pedro eu trabalhava fora e não passei por isso, e agora, depois do filho criado me deparo com essa caixa de Pandora que é educar um bebezinho de 1 ano.

Pode colocar de castigo? Pode dar palmada? Tomar os brinquedos? O que fazer quando ele enfia um cabide na cabeça? Eu definitivamente nao sei, mas sei que tem muitas mamaes passando pelo mesmo desespero. Entao, ao invés de ficar entrndo em vários fóruns de bebes, eu suplico: Mamaes: me dêem dicas!

E para ilustrar que sou uma mamae legal, um momento de descontração com o Miguel!

Os números de 2014

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog.

Aqui está um resumo:

A sala de concertos em Sydney, Opera House tem lugar para 2.700 pessoas. Este blog foi visto por cerca de 14.000 vezes em Se fosse um show na Opera House, levaria cerca de 5 shows lotados para que muitas pessoas pudessem vê-lo.

Clique aqui para ver o relatório completo