Mais uma vez falando de amor

o amor esta no arNos últimos dias tenho assistido a muitos filmes de amor, porque adoro vivenciar situações sociais alheias. Talvez por isso eu tenha uma péssima fama de fofoqueira. Porque tenho o costume de ficar observando situações cotidianas. É uma coisa que traz imenso prazer. Pensando muito na vida nos últimos dias e chegando perto de um ano de separada eu me vejo bem sensível de novo.

Por toda minha vida eu acreditei no amor, acreditei que deixaria cair meus livros e o grande amor da minha vida me ajudaria a juntá-los, e a gente se apaixonaria lindamente para o resto da vida e fim. Mas então me casei, me apaixonei lindamente e o cotidiano não foi um sonho. E quando tudo acabou, pensei que nunca mais ia amar ninguém.E cá estou, sem amar ninguém.

Mas então, estou de novo chorando com filmes sobre casamento, e sonhando com o dia que meus livros cairão no chão e alguém vai me ajudar a recolher. Sinto saudade dessas coisas.

Esse texto não é para moralizar essa coisa toda de paixão e servidão, mas somente para me lembrar que o sangue ainda corre e que tudo é possível, até eu andar  carregando alguns livros!

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Mais uma vez falando de amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s