Feira de Doações – Fazendo a Diferença

Notícia do Extra DoaçõesHá dois anos, eu estava passando por alguns problemas pessoais, estava grávida e recebi ajuda de uma amiga muito querida com doações de roupinhas bebê. Vi que ela tinha montado um grupo de doações no Facebook e através de pesquisas sobre o assunto descobri as Feiras da Gratidão. Vi, no gesto daquelas pessoas uma sensibilidade muito grande com o próximo e um extremo desprendimento. Percebi que se eu fizesse alguma coisa por alguém que eu tiraria o foco dos meus problemas e transformaria minha energia de tristeza em uma energia de alegria.

Montei um grupo no Facebook voltado para doações dentro do meu bairro. Criei o grupo Doações Campo Grande RJ. Que é um braço da minha página “Eu Amo Campo Grande”, que també é de minha autoria com parceria da minha irmã Julia Fernandes.

Depois disso comecei a arrecadar doações, fotografar e postar, muitas vezes fui entregar. Mas o que eu gosto de tudo isso é o enfoque de sustentabilidade, porque não é um grupo assistencial, mas sim um lugar onde as pessoas do bairro compartilham coisas. Em um ano o grupo já contava com mil membros e mais de mil doações diretas realizadas. Depois disso comecei a organizar feiras, pois conheci um grupo que organizavam as Feira Grátis da Gratidão. Algumas pessoas ajudavam, e já tiveram mais de 5 edições da feira. Com o tempo eu fiquei muito atarefada com minhas questões pessoais e tive que abrir mão de gerenciar o grupo sozinha e atualmente tenho duas amigas que estão à frente da organização das feiras que é a Aline Moya e a Irene Teles.

Tudo que sobra das feiras é doado para instituições da região de Campo Grande.

Mas todas essas informações são para mostrar uma coisa simples: Quando a gente quer fazer a diferença na nossa comunidade, a gente pode colaborar. Seja reciclando o lixo, varrendo sua calçada, ou reunindo seus vizinhos em ação mais abrangente. E  essas doações que as pessoas disponibilizam não são só para as pessoas de rua ou paupérrimas, são para pessoas como eu e você que talvez vá comprar uma coisa e nem precise tanto porque na verdade, alguém vai te ceder aquilo de bom grado. Isso é uma forma de evitar o consumismo nessa nossa economia difícil e uma forma de evitar mais um produto fabricado sem necessidade.

Essa reportagem saiu no extra zona oeste antes da utima feira, teremos outra na Pracinha da Rosária Trotta dia 9/12/2015 de 10h as 12h.

Anúncios

Um pensamento sobre “Feira de Doações – Fazendo a Diferença

  1. Pingback: Amor: quando se divide, multiplica! | Drops da Dani

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s