Dia do Mundial do Consumidor – 15 de Março

Origem do Dia Mundial do Consumidor

No ano de 1962, o presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, instituiu o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, para dar proteção aos interesses dos consumidores, e 23 anos depois, a Assembléia Geral das Nações Unidas (ONU) adotou os Direitos do Consumidor como Diretrizes das Nações Unidas dando assim, legitimidade e reconhecimento internacional para essa data.

Origem: Portal do Consumidor

Neuromarketing-a-nova-arma-para-chegar-a-cabeca-do-consumidor-televendas-cobrancaO dia do consumidor é um dia que valoriza o cliente. É um dia que lembra que o cliente tem mais direitos que deveres e que deve ser protegido, afinal de contas é o consumidor que faz o mundo rodar. Foi o consumidor que deu razão à Revolução Industrial. Mais do que nunca o cliente precisa ser valorizado mesmo, obter o melhor preço, o melhor prazo, a melhor promoção.

Acontece que pelo menos aqui no Rio de Janeiro, não é bem assim que acontece. Cada vez mais o consumidor está sendo desrespeitado com preços abusivos, serviços ruins, e um péssimo atendimento. Falta educação, falta bom senso do empresário que oferece o produto, falta noção.

Esses dias vi na praia da Barra da Tijuca um ambulante vender um sacolé, isso UM SACOLÉ, por R$5 reais. Qual o custo desse produto para aplicarem um preço desse? E nele nem se pode considerar a marca, nem propaganda, nem salario, nada, só o custo do produto e mesmo assim é exorbitante. Esse é o desrespeito!

Está muito caro comer fora por aqui. Está muito difícil ser bem atendido por aqui. Não tem valido muito a pena gastar tanto se o atendimento não compensa. E não adianta colocar à disposição do cliente o Código do Consumidor se é tão difícil ser bem atendido. E eu nem estou mencionando serviços públicos, dos quais também somos consumidores.

O custo do que cada um paga fica sempre muito caro, porque tem ficado muito difícil nessa cidade ganhar o dinheiro. É trem lotado, é ônibus lotado, entre outras tantas dificuldades que se tem para chegar ao trabalho na hora. Fica muito custoso ganhar e muito triste gastar. Daí as pessoas tem investido em abrir mão do consumo na rua e está investindo em levar seus próprios lanches e outros tipos de lazer que caibam na formula custo benefício. Os empresários tem que ficar de olho!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s