Retrospectiva Emocional 2011 by Daniela Ferpe

Esse ano eu não vou comentar os acontecimentos jornalísticos. Eu não vou falar do Campus Party, nem da Amy Winehouse, nem do Casamento da Princesa Kate que pra mim foi um dos maiores contos de fadas da vida real da história. Não vou falar de Osama, nem de Kadafi, nem da Amy, nem do brilhantíssimo Steve Jobs. Nem vou falar da despedida de Ronaldo. E por fim, definitivamente, não vou comentar que mesmo que eu perdesse tudo que o Silvio Santos perdeu, se eu tivesse o que ele tem eu ainda seria rica.

Este ano eu vou comentar o que tudo representou pra mim.

Eu comecei o ano, com o coração apertado, querendo definir o que exatamente estava acontecendo no meu coração. E resolvi seguir outro caminho. E essa decisão me levou a outro momento profissional, a outra empresa, a novas experiências e a novas observações. Comecei a medir o que era realmente importante pra mim.

Juntei meus cacos e aluguei uma casa, comecei a morar com meu filho. Ah, como é boa a liberdade! Ah, como é grande a solidão!

Me apaixonei perdidamente por acaso. Mudei de carro. Vendi o velho. Descobri um grande problema. Rompi com tudo, saí do trabalho. Comecei a cuidar do meu filho pela segunda vez em 8 anos. Adorei. Recebi vários bons convites de trabalho, recusei alguns, aceitei outros, estou no aguardo de um, muito bom, por sinal.

Por ficar em casa, voltei a sair, conheci muita gente nova, mas comecei a ter contato com muita coisa que eu não convivia. Me assustei. Fofocas, disse-me-disse e vulgaridades. Viver de balada em balada não é pra qualquer um, ou pelo menos não é pra mim. Não vejo nada de divertido. Cansei. Cada vez mais quero minha vida como antes: trabalho, estudo, blog e pouca vida pessoal. Porque trabalhar e estudar já é social demais!

Esse ano aprendi a ficar mais calada do que antes, a observar, não tive praticamente nenhum namorado, fiquei com nojo de muitos que se aproximaram, pelas suas atitudes, mas tive uma paixão dolorosa. Não fiz planos pro ano que vem, assim como no ano passado [para dar sorte] também não fiz lista de fim de ano. O ano se encerra com uma “ite” que não se acaba. Estou há 3 semanas com uma enorme sinuzite que se transformou numa otite. Com o rosto inchado feito um donut tenho passado os dias de cama e com febre, sem ânimo de fazer minha caridade de fim de ano e minha faxina bota-fora não rolou. Esse ano engordei, e por conta dessa paixonite, perdi o ânimo total.

Estou esperando 2012 chegar, ansiosamente, pra recuperar o fôlego, esquecer os amores passados e arrumar outros problemas, porque desses eu já estou de saco cheio.

Aos meus leitores, desejo sempre o mesmo: que emagreçam, ganhem grana e fiquem lindos!

Detalhe: Eu sempre soube que eu era uma princesa, agora sou uma princesa com anel. Consegui minha réplica no ambulante por R$5,00.

_________________________

Leia também:

Oração de fim de ano

Feliz Ano Novo – Organizando a vida

Retrospectiva 2009 By Daniela Ferpe

Anúncios

2 pensamentos sobre “Retrospectiva Emocional 2011 by Daniela Ferpe

  1. Pingback: Retrospectiva 2012 by Daniela Ferpe « Drops da Dani

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s