Para quem interessar possa

São 01h56 da manhã.

Mais uma vez, chego da noite e te escrevo. Desta vez, com os dedos cheios de firmeza, ao expressar que não vejo nada de honroso em viver essas saídas, e encontrar pessoas que não me dizem nada, mas que têm os mesmos assuntos, em lugares que não se conversa. Os sorrisos, os olhares trocados, não me trazem nada de sedutor. Há muito protocolo em não seguir regras, e isso me cansa.

É disso que eu estou cansada. De me adequar a padrões de beleza, de estar sempre com um sorriso.

E agora, com os olhos ainda manchados de rímel e os pés descalços de pudor, lhe digo que preferia, um milhão de vezes chegar em casa e encontrar alguém me esperando. Na melhor das hipóteses, nem gostaria de ter saído. Queria voltar a ter o pensamento preenchido por uma só pessoa. Dá muito menos trabalho.

Nesse momento, com o cansaço no corpo e com as idéias ainda confusas pelo volume da música e embaralhadas por conta das luzes eu queria mais que tudo um abraço!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Para quem interessar possa

  1. Sempre tenho a certeza que vc escreve pensando em mim… kkkkkkk Por isso vira e mexe, venho t visitar. É a pura realidade, neste mundo turbulento tbm só queria um abraço…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s