Diversão a qualquer preço

Toda vez que pobre vai se divertir, tem uma merda pra estragar tudo. Então vou lhes contar minha saga de sábado à noite: Eu, minha amiga Lívia e minha irmã estamos chateadas com fins de relacionamento (no meu caso é por falta de um). Daí resolvemos explorar novos territórios, resolvemos ir à uma danceteria chamada M4 em Padre Miguel. Entramos no site e vimos: “damas grátisa até às 0h”(como podem ver aqui até mudarem o site). Duras que somos, ficamos animadíssimas e partimos pra lá. Pegamos uma van com ar condicionado (exclusividade) que chacoalhava mais que uma carroça, que estava fresquinha e valia à pena, já que tava um calor dos diabos. Chegamos na porta, depois de enfrentar maior calvário pra chegar até lá e descobrimos que o valor da entrada era R$10,00. Já eram 23h30.

Saímos desembestadas pra pegar uma condução pra voltar pra Campo Grande, já que na West Show a gente tinha certeza que era “damas grátis até 0h”. Perdemos duas vans 875 lotadas, entramos numa kombi Bangu x WestShopping, caindo aos pedaços, com lotação 10 lugares que tinham como passageiros: uma senhora gorda com 3 crianças, um rapaz com um pré-adolescente no colo, duas pessoas na frente, uma senhora gorda e um rapaz magrinho (nessa conta tinham 9 pessoas). Entramos nós três que não somos nenhum filé de borboleta. Na altura da praça de Bangu, o cara me soca pra dentro da Kombi mais duas magricelas. As 14 pessoas se apertando na Kombi que só rangia, Uma ventania filha da puta no banco de trás e o motorista viado que tava um deitão da porra. Desovamos todos mundo no centro de Campo Grande e saltamos nós, as duas magrinhas e mais duas magrinhas que estavam na frente, perto da WestShow e disparamos a correr porque já eram 23h53. Puta merda, o que a gente não faz pra não pagar R$5,00 numa entrada de danceteria.

Ufa, entramos! Meu cabelo parecia do Reginaldo Rossi porque veio pegando vento o caminho todo, minha irmã com os pés dormentes porque veio com a Lívia no colo com a kombi tava lotada, Lívia com a roupa apertada reclamava da falta de ar. Mas no embalo da noite, esquecemos.

Compramos água e fomos dançar: eletrohouse: só eu danço, funk: só Lívia dança, Pagode: só minha irmã dança. Quando começou o Axé a gente tava tão cansada que fomos embora.

Ô disposição.

Depois rola um Update com a foto voltando pra casa.

_____________________________________(update)

 

____

Anúncios

Um pensamento sobre “Diversão a qualquer preço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s